Características das vítimas de acidente de trânsito por meio da técnica da mineração de dados

Noemi Dreyer Galvão, Heimar de Fátima Marin

Resumo


Objetivo: Descrever as características das vítimas de ATT, por meio da técnica de mineração, dos dados relacionados do município de Cuiabá-MT, 2006. Método: Estudo exploratório das bases de dados secundários, em que foram relacionados três bancos de dados: da Secretaria de Justiça e Segurança Pública, do SIH-SUS e do SIM com utilização do software RecLink. Foram obtidos 139 pares verdadeiros, aos quais foi aplicada a tecnologia de mineração de dados pelo software WEKA. Resultados: Das 139 vítimas de acidentes de Cuiabá-MT, 80,6% eram do sexo masculino, na faixa etária de 20-29 anos (41,7%). O tipo de vítima que predominou foi condutor do veículo (35,3%), o meio de transporte da vítima foi à motocicleta (33,1%). A maioria das vítimas teve assistência e cada vítima ficou hospitalizada cinco dias, em média. Conclusão: Com estes resultados, pode-se estabelecer programas de prevenção para os acidentes transporte, destacando que a tecnologia de mineração de dados é uma ferramenta importante de análise de dados secundários para subsidiar o processo de tomada de decisões.

Palavras-chave


Acidentes de trânsito, mineração de dados, informática em saúde pública

Texto completo: PDF


Journal of Health Informatics - ISSN 2175-4411
Rua Tenente Gomes Ribeiro, 57 - sala 33 CEP 04038-040 São Paulo - SP - Brasil
Tel./Fax: + 55 11 3791 3343 - E-mail: jhi@sbis.org.br