A utilização do prontuário eletrônico do paciente por médicos do Hospital Municipal Dr. Munir Rafful: um estudo de caso

Leonardo Namorato, Augusto José Cavalcanti Neto, Flávio Vidal Garani, Paulo Oliveira Braga, Suzana Angélica Silva Lustosa

Resumo


Objetivos: Caracterizar a utilização do Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) no Hospital Municipal Dr. Munir Rafful, na cidade de Volta Redonda. Método: Pesquisa aplicada. Foram aplicados por amostragem aleatória 60 questionários aos médicos do Hospital Municipal Dr. Munir Rafful, os quais foram respondidos e posteriormente analisados. Resultados: A maior parte dos entrevistados utiliza o Prontuário Eletrônico do Paciente (70%), sendo a maioria em hospitais ou consultórios particulares. A facilidade de leitura foi a principal vantagem apontada pelos médicos (67%) e as falhas no sistema a principal desvantagem (78%). Embora os médicos tenham apontado desvantagens em relação ao sistema, a maioria deles (95%) faria a opção pelo PEP. Conclusão: O funcionamento do Prontuário Eletrônico do Paciente e suas potencialidades, ainda são fonte de dúvidas para a maior parte dos médicos do hospital em questão. O presente estudo demonstra a necessidade da disseminação e discussão de informações a respeito do Prontuário Eletrônico do Paciente junto aos profissionais.

Palavras-chave


Sistemas Computadorizados de Registros Médicos; Informática em Saúde; Sistemas de informação

Texto completo: PDF


Journal of Health Informatics - ISSN 2175-4411
Rua Tenente Gomes Ribeiro, 57 - sala 33 CEP 04038-040 São Paulo - SP - Brasil
Tel./Fax: + 55 11 3791 3343 - E-mail: jhi@sbis.org.br