Formação de uma infraestrutura de informação para telerradiologia: um estudo de múltiplos casos baseado na teoria de projeto para complexidade dinâmica

Marcio Adamec Lopes Oliveira, Gustavo Henrique Matos Bezerra Motta

Resumo


Objetivo: Compreender, por meio de uma série de estudos de caso, os obstáculos que dificultam o surgimento de uma infraestrutura de informação (II) para distribuição de estudos de imagens de forma ampla e flexível, atenuando os limites locais e globais para a prática radiológica. Métodos: Aplicou-se a teoria de projeto para complexidade dinâmica em infraestrutura de informação para casos selecionados, a fim de interpretá-los de acordo com as regras de projeto da teoria. Resultados: Observou-se nos casos estudados arquiteturas com acoplamento forte entre seus componentes sociotécnicos e, consequentemente, baixa capacidade de adaptação. Conclusão: A reduzida capacidade de adaptação explica a dificuldade de formação de uma infraestrutura de informação para distribuição de estudos de imagens que possibilite conectar uma quantidade crescente de componentes heterogêneos com abrangência não limitada. Destaca-se a importância de projetar soluções com capacidade de variação suficiente para possibilitar a máxima adaptação sociotécnica.

Palavras-chave


Telerradiologia; Teoria de Sistemas; Infraestrutura

Texto completo: PDF


Journal of Health Informatics - ISSN 2175-4411
Rua Tenente Gomes Ribeiro, 57 - sala 33 CEP 04038-040 São Paulo - SP - Brasil
Tel./Fax: + 55 11 3791 3343 - E-mail: jhi@sbis.org.br