Prontuário Eletrônico do Paciente: como a teoria da difusão de inovações pode colaborar na sua implantação

Cesar Augusto Pascali Rago, Paola Zucchi

Resumo


Este artigo traz um histórico da Teoria da Difusão de Inovações e uma revisão da literatura sobre sua aplicação na área de saúde, dando especial ênfase na adoção do Prontuário Eletrônico do Paciente. Seu objetivo é o de compilar os pontos mais importantes no processo de adoção de inovações mencionados nos casos pesquisados, como por exemplo: a identificação dos usuários com as categorias de adotantes, as ações a serem desenvolvidas junto a estes e o uso dos elementos dessa teoria para o entendimento da forma como as pessoas aderem à inovação. Conclui-se, dessa forma, que a implantação de prontuários eletrônicos requer métodos diferentes dos tradicionalmente usados na área de Tecnologia da Informação, envolvendo também as demais áreas da organização.


Palavras-chave


Sistemas Computadorizados de Registros Médicos; Difusão de Inovações; Informática Médica

Texto completo: PDF


Journal of Health Informatics - ISSN 2175-4411
Rua Tenente Gomes Ribeiro, 57 - sala 33 CEP 04038-040 São Paulo - SP - Brasil
Tel./Fax: + 55 11 3791 3343 - E-mail: jhi@sbis.org.br