A utilização de terminologias para representar os procedimentos e intervenções

Daiane Aparecida Maciel, Deborah Pimenta Ferreira, Heimar de Fátima Marin

Resumo


Objetivo: Descrever o uso da terminologia em saúde pelos prestadores de serviços de assistência em saúde e operadoras de planos de saúde, que atuam no estado de São Paulo, com o objetivo de identificar as terminologias utilizadas para procedimentos e intervenções, finalidade de uso, processo de manutenção e meio de armazenamento da informação. Método: Trata-se de um estudo descritivo que utilizou como meio de investigação a pesquisa de campo tendo como instrumento de coleta um questionário. Resultado: No total foram 17 questionários preenchidos que contou com 16 respondentes, apesar de uma amostra pequena foi possível identificar a lacuna do conhecimento sobre as terminologias clínicas, evidenciar a utilização de terminologias e classificação vinculadas aos processos para fins administrativos, faturamento e troca de informação. Conclusão: O estudo permitiu evidenciar o uso mais abrangente de tabelas vinculadas aos processos de faturamento, os dados são gerados e distribuídos para agências regulatórias, operadoras de planos de saúde e prestadores de serviços.

Palavras-chave


Sistemas de informação em saúde; Terminologia; Interoperabilidade da informação em saúde

Texto completo: PDF


Journal of Health Informatics - ISSN 2175-4411
Rua Tenente Gomes Ribeiro, 57 - sala 33 CEP 04038-040 São Paulo - SP - Brasil
Tel./Fax: + 55 11 3791 3343 - E-mail: jhi@sbis.org.br