Intervenção por realidade virtual e exercício físico em idosos

Thaís Sporkens Magna, Alexandre Fonseca Brandão, Paula Teixeira Fernandes

Resumo


Objetivo: Comparar nos idosos a evolução do equilíbrio, cognição e marcha durante a prática de exercício físico com a realidade virtual. Métodos: 31 participantes de ambos os sexos, foram divididos nos grupos: 1. Realidade Virtual (RV); 2. Exercício Físico (EF) e 3. Realidade Virtual e Exercício Físico (RVEF), realizaram procedimentos com um quebra-cabeça virtual (grupos RV) e/ou exercício físico de caminhada (grupos EF), durante 5 meses. Resultados: Na atenção todos os grupos aumentaram o escore médio após o período de intervenção. Na memória as diferenças estatisticamente significativas ocorreram nos grupos RV e RVEF. No equilíbrio todos os grupos aumentaram o escore após o período de intervenção. Na marcha o grupo RVEF obteve melhor resultado. Conclusões: As intervenções por RV e EF mostraram-se eficazes para a melhora do equilíbrio, marcha, atenção e memória. Portanto, conclui-se que a intervenção por RV associada ao EF melhora o desempenho físico funcional em idosos.


Palavras-chave


Envelhecimento; Realidade Virtual; Exercício Físico

Texto completo: PDF


Journal of Health Informatics - ISSN 2175-4411
Rua Tenente Gomes Ribeiro, 57 - sala 33 CEP 04038-040 São Paulo - SP - Brasil
Tel./Fax: + 55 11 3791 3343 - E-mail: jhi@sbis.org.br