Estratégia e-SUS atenção básica: dificuldades e perspectivas

Saemmy Grasiely Estrela de Albuquerque, Sérgio Ribeiro dos Santos, Tâmela Costa, Ericka Holmes Amorim, Ana Lúcia de Medeiros Cabral, Patrícia Serpa de Souza Batista

Resumo


Objetivo: Identificar as dificuldades e perspectivas que os gestores de saúde apresentam na utilização do e-SUS Atenção Básica. Métodos: Estudo qualitativo com aporte teórico-metodológico da Teoria Fundamentada nos Dados, realizado com 16 gestores de saúde dos Distritos Sanitários de João Pessoa – Paraíba. Resultados: A análise dos dados a partir do modelo paradigmático de Strauss e Corbin levou a elucidação do fenômeno ‘Apontando dificuldades de adaptação e perspectivas de aprimoramento do e-SUS Atenção Básica’. Conclusão: A estratégia e-SUS Atenção Básica ainda não tem atendido as demandas da forma que se esperava, causando algumas dificuldades no processo de trabalho dos profissionais de saúde e gestores. Todavia, destaca-se a importância do Sistema de Informação em Saúde como ferramenta de apoio fundamental para a qualidade do cuidado em saúde.

Palavras-chave


Enfermagem; Sistemas de Informação em Saúde; Atenção Primária à Saúde

Texto completo: PDF


Journal of Health Informatics - ISSN 2175-4411
Rua Tenente Gomes Ribeiro, 57 - sala 33 CEP 04038-040 São Paulo - SP - Brasil
Tel./Fax: + 55 11 3791 3343 - E-mail: jhi@sbis.org.br