Explicação situacional da implantação de educação a distância em uma escola de saúde

Aldiney José Doreto, Luciana Schleder Gonçalves, Adeli Regina Prizybicien de Medeiros

Resumo


Objetivo: Descrever os desafios e fortalezas oriundos da experiência de implantação de Educação a Distância em uma escola de saúde pública. Método: Pesquisa exploratória de abordagem qualitativa. Os dados foram coletados a partir da técnica de grupo focal e analisados à luz do método de Planejamento Estratégico Situacional, de Carlos Matus. Resultados: Os problemas apontados pelo grupo focal foram interpretados como pontos—chaves: meta/decisão da gestão; influência de atores externos; conhecimento/habilidade/atitude insuficientes; formação/qualificação/atualização insuficientes; relevância da EaD na cultura institucional; insegurança institucional para a EaD; inovação pela tecnologia, para cada qual foram elaborados fluxogramas explicativos. Conclusão: O processo de implantação atendeu à missão, visão e valores da escola, porém há a necessidade de melhorias na infraestrutura existente, relacionada principalmente à capacitação dos recursos humanos para a Educação a Distância e modelos híbridos, criação de protocolos internos de avaliação dos processos e planos de ação, projetos e programas na escola.

Palavras-chave


Educação a Distância; Educação em saúde; Planejamento estratégico situacional

Texto completo: PDF


Journal of Health Informatics - ISSN 2175-4411
Rua Tenente Gomes Ribeiro, 57 - sala 33 CEP 04038-040 São Paulo - SP - Brasil
Tel./Fax: + 55 11 3791 3343 - E-mail: jhi@sbis.org.br