Detecção de núcleos em imagens citológicas de AgNOR utilizando Aprendizado Profundo

João Gustavo Atkinson Amorim, Luiz Antonio Buschetto Macarini, André Victória Matias, Allan Cerentini, Fabiana Botelho De Miranda Onofre, Alexandre Sherlley Casimiro Onofre, Aldo Von Wangenheim

Resumo


Objetivo: Avaliar a utilização de modelos de detecção de objeto para a detecção de núcleos coloridos com nitrato de prata proveniente de pacientes com câncer de colo de útero. Método: Utiliza-se imagens de um dataset contendo lâminas coradas com nitrato de prata, um método conhecido como AgNOR. No entanto, este método de citologia ainda não foi muito explorado, principalmente utilizando métodos computacionais. Desta forma, compara-se o modelo Faster-RCNN com diferentes backbones para a detecção de núcleos em imagens coradas pelo método AgNOR. Resultado: O trabalho alcançou os valores 0,66, 0,79 e 0,80 para acurácia, precisão e revocação respectivamente utilizando um modelo Faster-RCNN. Conclusão: A Faster-RCNN é capaz de detectar núcleos individuais coloridos com prata.

Palavras-chave


Aprendizado Profundo; Biologia Celular; Imagens de AgNOR

Texto completo: PDF


Journal of Health Informatics - ISSN 2175-4411
Rua Tenente Gomes Ribeiro, 57 - sala 33 CEP 04038-040 São Paulo - SP - Brasil
Tel./Fax: + 55 11 3791 3343 - E-mail: jhi@sbis.org.br