Segmentação de Árvore de Componentes por Valores de Extinção: Aplicação na Detecção Automática de Núcleos Celulares

Alexandre Gonçalves Silva

Resumo


Objetivo: Este trabalho propõe um algoritmo não paramétrico para a segmentação da árvore de componentes por valores de extinção. Esta abordagem se mostrou adaptada para a caracterização de núcleos celulares, importante na mensuração e compreensão de processos biológicos. Métodos: O método consiste na rotulação de máximos regionais com valores de extinção estaticamente relevantes e particionamento da árvore de componentes, dado o caminho de influência de cada rótulo. Esta ideia foi validada na identificação de núcleos celulares, em um dataset de 664 imagens, com ground truth das segmentações. Resultados: A correlação da contagem de núcleos foi de 0,95 (p < 0,05). As imagens binárias foram geradas com acurácia de 0,92±0,08, sensitividade de 0,62±0,19, especificidade de 0,99±0,02 e IoU de 0,57±0,16. Conclusão: Apesar da simplicidade de não exigir parâmetros ou ser treinado, o método é robusto para separar regiões de interesse relativamente mais brilhantes em imagens, como no caso dos núcleos celulares.

Palavras-chave


Valores de Extinção; Árvore de Componentes; Segmentação de Núcleos Celulares

Texto completo: PDF


Journal of Health Informatics - ISSN 2175-4411
Rua Tenente Gomes Ribeiro, 57 - sala 33 CEP 04038-040 São Paulo - SP - Brasil
Tel./Fax: + 55 11 3791 3343 - E-mail: jhi@sbis.org.br