Padrões de apresentação da insuficiência cardíaca em emergência hospitalar

Priscila de Carvalho Freitas, Carolina Nicolao, José Antônio Linch Burmann, Silvio César Cazella, Emiliane Nogueira de Souza

Resumo


Objetivo: Descobrir padrões de apresentação clínica entre pacientes admitidos em uma emergência hospitalar com insuficiência cardíaca aguda. Métodos: Estudo exploratório de base de dados através da aplicação do processo de Descoberta de Conhecimento em Base de Dados, o qual é composto pelas etapas de pré-processamento, mineração de dados e pós-processamento. No estudo foi utilizado o software de código aberto com algoritmos de mineração de dados denominado Weka. Resultados: Foram analisados 965 pacientes, sendo 571(59%) mulheres. A idade média foi 80,79±12,76 anos. A maioria (635) foi classificada como laranja pelo Sistema de Triagem de Manchester, considerada condição de muita urgência com necessidade de atendimento em até 10 minutos. Os sinais e sintomas mais prevalentes foram aqueles relacionados a alterações respiratórias. Os pacientes classificados como amarelo apresentaram maior homogeneidade quando avaliados os sinais vitais. Conclusão: O padrão de apresentação clínica associado à classificação de risco de urgência e muita urgência em pacientes com insuficiência cardíaca que buscam a emergência hospitalar constitui-se, majoritariamente, de sinais e sintomas respiratórios.


Palavras-chave


Mineração de dados; Insuficiência Cardíaca; Enfermagem em Emergência

Texto completo: PDF


Journal of Health Informatics - ISSN 2175-4411
Rua Tenente Gomes Ribeiro, 57 - sala 33 CEP 04038-040 São Paulo - SP - Brasil
Tel./Fax: + 55 11 3791 3343 - E-mail: jhi@sbis.org.br